Hospital INC - Instituto de Neurologia de Curitiba

Diagnóstico precoce é o diferencial na evolução do Alzheimer

Nesta segunda-feira, 21 setembro, é o dia mundial de conscientização sobre a doença Alzheimer. Um transtorno neurodegenerativo progressivo que se manifesta por deterioração cognitiva e da memória, comprometendo as atividades da vida diária e provocando alterações comportamentais.

A doença afeta principalmente os mais idosos, sendo responsável por mais da metade dos casos de demência na população com mais de 65 anos. Segundo a OMS, estima-se que, existam no mundo em torno de 50 milhões de pessoas com demência e apontam, que este número deverá triplicar nos próximos 30 anos.

O sintoma primário é a perda de memória recente, porém com o avanço vão aparecendo outros quadros como a perda de memória remota dos fatos mais antigos, bem como irritabilidade e falhas na linguagem, até sintomas mais graves. Quando diagnosticado é feito de forma precoce, tratamentos podem ser utilizados para garantir uma qualidade de vida maior aos pacientes e cuidadores.

Sobre a importância da prevenção e do apoio de familiares para as pessoas que vivem com o Alzheimer, conversamos com a médica Amanda Machado, Coordenadora do Ambulatório de Distúrbios da Memória e doença de Alzheimer do INC (Instituto de Neurologia de Curitiba.

Ouça aqui

Fonte: CBN Curitiba | 21/09/2020